Quarta, 20 de Outubro de 2021
87 996048999
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Comissão aprova proposta que prevê testagem em massa de pacientes com sintomas de Covid-19

Cleia Viana/Câmara dos Deputados Carmen Zanotto recomendou a aprovação da medida para controle e prevenção da doença A Comissão de Seguridade Soc...

08/10/2021 19h30
16
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Carmen Zanotto recomendou a aprovação da medida para controle e prevenção da doença - (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)
Carmen Zanotto recomendou a aprovação da medida para controle e prevenção da doença - (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 1716/20, que torna obrigatória a testagem em massa de pacientes que apresentarem sintomas de Covid-19, principalmente os grupos de maior risco, além dos profissionais de saúde.

O autor da proposta, deputado Marreca Filho (Patriota-MA), diz que o objetivo é detectar precocemente os casos sintomáticos na tentativa de bloquear a transmissão do novo coronavírus, a partir do isolamento dos doentes. O projeto acrescenta a medida à Lei 13.979/20, que trata do enfrentamento da Covid-19 no Brasil.

Relatora da matéria, a deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC) apresentou parecer pela aprovação. Ela destacou que, apesar de já estarmos em plena campanha de vacinação contra a Covid-19 – realidade diferente da observada no momento da apresentação do projeto –, a Organização Mundial da Saúde (OMS), em informe de 25 de junho de 2021, ainda mantém a recomendação para testagem de casos suspeitos, considerando-a “crítica” para a prevenção e controle da doença.

Tramitação
O projeto será ainda analisado, em caráter conclusivo, pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.